home Antologia, LITERATURA Como Falar Com Raparigas Em Festas – Neil Gaiman (Bertrand)

Como Falar Com Raparigas Em Festas – Neil Gaiman (Bertrand)

Como Falar Com Raparigas Em Festas (Bertrand Editora, 2017), de Neil Gaiman, pode ser estranho, até de difícil digestão, mas de certeza compensador para o leitor. A narrativa é pouco convencional para um bedéfilo habituado a super-heróis, mas o texto oferece muito mais do que um enredo de homens e mulheres vestidos com roupas interiores berrantes a perseguirem vilões igualmente ocos. Neil Gaiman oferece-nos uma narrativa cheia de poesia e magia.

Esta obra espelha a eterna atracão e fascínio entre mundos tão díspares como o feminino e masculino. Uma relação que parece estar em constante conflito e ao mesmo tempo numa mútua admiração. Sente-se a tensão mais do que sexual em toda a obra.

Enn e o seu amigo Vic procuram a sua sorte numa festa singular, estranhamente apinhada de raparigas sensuais. Ambos descobrem na sua própria pele algo de inesperado que provoca um grande impacto nas suas vidas.

Os diálogos entre Enn e as estranhas raparigas que encontra na festa são surpreendentes. Quanto mais se adensa a conversa entre elas, mais absurdo tudo se torna.

Os irmãos brasileiros Fábio Moon e Gabriel Bá empregam uma interessante amálgama de estilos (europeu, Manga e comics) aos desenhos, cheios de elegância e expressividade. Os tons aguarelados reflectem luminosidades únicas, límpidas e coerentemente contrastantes. Estas aguadas misteriosas impõem cenários densos e quase oníricos.

Como é hábito, Neil Gaiman presenteia-nos com mais um trabalho notável, sem descurar a arte refrescante dos multipremiados irmãos.

Como Falar Com Raparigas Em Festas será talvez a melhor publicação de banda desenhada deste ano. Uma leitura obrigatória.

Texto de Nelson Maia.

Para mais textos sobre Livros, clica AQUI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *