Pátria – Casa das Artes de Famalicão, 30/11/2019

A atenção exigida é largamente compensada pela complexidade e brilhantismo do texto do escritor brasileiro Bernardo Carvalho e pela disponibilidade de Pedro Almendra, que, em pouco mais de uma hora, percorre um espectro inimaginável de pequenos detalhes físicos, tiques, modulações vocais e tons sentimentais, numa composição (mais uma…) memorável…

A Morte de Danton – TNSJ, 18/9/2019

Mas o verdadeiro protagonista, para o bem e para o mal, é a Palavra. A forma como o encadeamento de ideias iconoclastas, em conjunto com uma entrega apaixonada em circunstâncias limite podem, não só mudar o rumo da história de um homem e da sociedade, como o futuro de uma cultura e a força dos seus alicerces, é o verdadeiro tema desta encenação de A Morte de Danton.